Na quinta-feira (23), um dia antes de começar a valer a resolução da Anvisa que passa a exigir receitas para os medicamentos que contenham as substâncias como como cloroquina, hidroxicloroquina, nitazoxanida e ivermectina, a rede de farmácias Nissei fez uma “campanha” em seu WhatsApp de vendas express chamando clientes para comprarem o quanto antes, os medicamentos da lista. A resolução n.º 405, de 22 de Julho, passa a valer a partir desta sexta-feira (24) e foi criada justamente para impedir a compra indiscriminada desses medicamentos.

LEIA MAIS – Passeio seguro no isolamento é possível! Confira as sugestões pro fim de semana

Até por volta das 13h desta sexta, quem entrava em contato pelo WhattApp da Nissei Express ainda podia ver a “campanha” publicada na foto do perfil do aplicativo, com fundo amarelo e texto em fonte de cor branca destacada. O texto da imagem era: “Compre hoje a sua Invermectina. A partir de amanhã por determinação da Anvisa, Invermectina passa a ser medicamento controlado ou seja com necessidade de receita para a comercialização”.

Foto: Reprodução/WhatsApp.

Tanto a ivermectina, como a cloroquina, hidroxicloroquina e nitazoxanida foram amplamente divulgadas como potencialmente benéficas para o combate de casos leves e graves de coronavírus, que levou muita gente a se automedicar indiscriminadamente. Até o momento, nenhum estudo concluiu a eficácia desses fármacos no tratamento da covid-19.

LEIA TAMBÉM – Frente fria se aproxima e muda o tempo em Curitiba! Veja a previsão!

Com a nova resolução da Anvisa, a compra desses produtos só será permitida mediante apresentação de receita médica em duas vias. Cada receita terá validade de 30 dias, a partir da data de emissão, e poderá ser utilizada apenas uma vez. A medida visa manter os estoques dos medicamentos para os pacientes que já têm indicação médica para uso. Os remédios são usados no tratamento de doenças como a malária (cloroquina e hidroxicloroquina); artrite reumatoide, lúpus e outras (hidroxicloroquina); doenças parasitárias (nitazoxanida) e tratamento de infecções parasitárias (ivermectina).

PRA BRINCAR! Tubarão, tigre, panda em casa? Google cria brincadeira com realidade aumentada

Questionada sobre o motivo de realizar a “campanha” feita pelo WhatsApp, por meio de nota a Nissei disse que a rede “segue a legislação determinada ao produto e que será respeitada a venda somente com prescrição médica”. Não houve informação sobre a retirada da imagem da “campanha” do perfil de venda express.