Assim como outras atividades vem se adaptando para a retomada econômica pós-pandemia com segurança, a Feirinha do Largo da Ordem, que desde o retorno presencial funciona com 50% dos expositores, vai iniciar um processo de expansão. Para a volta dos demais artesãos e garantia do distanciamento entre as barracas, a feira será expandida para novas ruas.

LEIA TAMBÉM:

Dia das Crianças com presentes das Feirinhas de Curitiba; veja opções de brinquedos e preços

Museu Oscar Niemeyer vai abrir na véspera do feriado de 12 de outubro

> Rua do bairro Mercês passa a ter sentido único na próxima semana

As mudanças começam neste domingo (10), com o fechamento de um trecho da Rua Trajano Reis, que vai passar a receber barracas e trailers de alimentação.

“Nós percebemos que as pessoas estão buscando mais os passeios ao ar livre e, à medida que os nossos expositores estão vacinados, o pedido de retorno à feira tem aumentado também. Para mantermos a segurança sanitária e o distanciamento vamos expandir o espaço físico da feirinha aos domingos”, explica Tangrian Cunico, coordenadora das feiras de Arte e Artesanato.

Trânsito

Para acomodar barracas em trecho da Rua Trajano Reis, a partir desta domingo a circulação dos carros vai ser fechada na quadra a partir da Rua 13 de Maio. O novo setor gastronômico vai ocupar a região, onde serão montadas tendas com mesas e cadeiras formando uma ampla praça de alimentação que irá até a Praça Garibaldi.

Antes do início da pandemia a Feira do Largo da Ordem funcionava exclusivamente aos domingos com cerca de 1200 barracas. Atualmente, vem operando com 600 barracas, o correspondente a 50% da capacidade. A ideia é que até o final do mês de outubro esse número seja ampliado de forma gradual, até chegar aos 70%. 

“Neste domingo faremos um teste com essa nova ocupação, já temos um planejamento, mas vamos ampliando aos poucos. Queremos que a feira retome sua grandiosidade, mas seguindo um espaçamento seguro entre as barracas”, conclui Tangrian.

A feira continua acontecendo também aos sábados, mas como o movimento é menor que aos domingos, a edição tem o tamanho reduzido. São cerca de 200 barracas, sendo 15 de gastronomia. 

Os produtos da Feira do Largo também podem ser adquiridos todos os dias on-line.

Web Stories

Te dou a vida

Helena testemunha à favor de Pedro

Você sabia?

Cinco curiosidades sobre Curitiba que nem o curitibano raiz sabe!

Descubra!

Intrigantes e bizarras! Mais cinco histórias curiosas sobre Curitiba

Pra curtir!

Novas atrações turísticas de Curitiba! Partiu conhecer?