Depois de serem prorrogada, terminam neste domingo (25), as tradicionais feiras de inverno das praças Osório e Santos Andrade. A programação inicial era que fosse até o dia 17 de julho, mas, a pedido dos artesãos, a data foi postergada por mais alguns dias.

As feirinhas fazem parte do dia a dia curitibano na estação mais fria do ano. Na Praça Osório são 53 barracas e na Santos Andrade nove, respeitando o distanciamento de um metro e meio entre cada uma. Quem passa pelo local, encontra com facilidade produtos de inverno, como cachecóis, luvas, pantufas e pijamas. Além disso, a parte gastronômica é atração com comidas e bebidas típicas da época, como milho verde cozido, pinhão, bolos e quentão (sem álcool, seguindo o decreto vigente que proíbe consumo de bebidas alcóolicas nas ruas durante a pandemia da covid-19).

+Viu essa? Já que o metrô virou lenda, que tal usar teleférico como meio de transporte em Curitiba?

Barraquinhas de artesanato culinário, com pães, geleias, mel, chocolate e biscoitos, e de oficinas de artesãos e de programas da Prefeitura também fazem parte das feiras.

Em 2020, as feiras não funcionaram devido a pandemia e ao receio maior de contaminação. ” No ano passado não foi possível realizar as feiras, mas agora fizemos todos os ajustes de segurança necessários e conseguimos manter essa atração de inverno que é tradição da nossa cidade”, disseTangrian Cunico Santos, coordenadora das feiras de arte e de artesanato do Instituto Municipal de Turismo.

+ Leia também: Prefeitura revela detalhes das trincheiras na Linha Verde e Estação São Pedro

Feiras Especiais de Inverno

Local: Praça Osório
Artesanato: de segunda a sábado das 10h às 20h e domingos das 14h30 às 19h30
Gastronomia: de segunda a sábado das 10h às 21h e domingos das 14h30 às 19h30

Local: Praça Santos Andrade
Artesanato e Gastronomia: de segunda a sábado das 10h às 20h e domingos das 12h às 18h30