Na noite deste domingo (27), duas embarcações do ferry boat que fazem a travessia de pedestres e carros entre Caiobá e Guaratuba, no Litoral do Paraná, bateram e deixaram os passageiros em pânico. A embarcação mais antigas, chamada Piquiri, fez uma manobra errada e colidiu com a balsa Vit[oria, que é puxada por um barco e estava atracada.

+ Veja mais: Torcedores que iam atirar bombas em rivais são presos pela PM; esquadrão antibombas é acionado

A cena foi registrada por usuários que faziam a travessia. Muita indignação e até medo puderam ser observadas nas imagens. Pelo menos seis veículos ficaram danificados com a batida. Um vídeo foi compartilhado no perfil Plantão JR Notícias. Confira a seguir.

Internautas compartilharam da indignação dos motoristas. “Até quando acontecer um acidente mais grave aí vão tomar as providências”, disse um deles. “Essa balsa é uma tragédia anunciada”, reclamou outro.

E aí, governo?

“O DER/PR informa que foi registrada uma colisão sem gravidade entre duas balsas na travessia da baía de Guaratuba neste domingo (27). Não houve feridos e as embarcações já foram liberadas para permanecerem na operação. Estão sendo avaliadas possíveis avarias em seis veículos que estavam sendo transportados, com qualquer prejuízo sendo ressarcido pela empresa que opera a travessia.

De acordo com a empresa, a balsa Vitória aguardava para atracar quando a balsa Piquiri se chocou com esta, buscando utilizar o mesmo atracadouro. O DER/PR solicitou esclarecimentos à empresa quanto ao ocorrido, e abrirá processo administrativo para apuração das responsabilidades e aplicação das medidas cabíveis.

Além disso, a Marinha do Brasil informa que abrirá inquérito de responsabilidade dos mestres das embarcações”.

Coleção de problemas

O ferry boat de Guaratuba vive uma fase de extrema turbulência. Casos de balsas à deriva, com problemas mecânicos e até colidindo com pedras e afundando deixaram a população apreensiva. Isso sem falar na demora com filas que causavam atrasos de 3 horas.

+ Veja também? Motorista que levava 29 passageiros é preso por embriaguez na Br-116

A empresa que ganhou a licitação mais recente da travessia não conseguiu honrar o contrato e foi defenestrada pelo governador Ratinho Júnior. A empresa que assumiu ainda enfrenta problemas para manter em ordem a operação do serviço e também coleciona reclamações, especialmente por parte dos usuários.

Whatsapp da Tribuna do Paraná
RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP!
Receba as notícias do seu bairro e do seu time pelo WhatsApp.