Uma festa clandestina em uma chácara, que contava com cerca de 100 pessoas, foi interrompida pela fiscalização das equipes da Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU) na madrugada deste domingo (27), em Piraquara, na região metropolitana de Curitiba, entre a Vila Militar e a Vila Nossa Senhora de Fátima. 

O local contava com tendas, sistema de som, grades para organização de filas e sistema de luz. A ação da AIFU segue o decreto estadual que estabelece medidas restritivas por conta da pandemia. Festas e eventos estão proibidos no estado por causa da aglomeração que proporcionam e o difícil controle do distanciamento social. O objetivo do decreto é evitar o avanço do contágio do coronavírus. Nas últimas semanas, o Paraná tem sido apontado como um dos estados onde o número de casos vem avançando de forma crítica.

LEIA TAMBÉM:

>> Fiscalização acaba com “festão” em Curitiba, fecha comércio e prende quatro

>> Polícia estoura esquema de falsificação de álcool gel em indústrias da grande Curitiba

Nas fotos e vídeos divulgados pela Polícia Civil do município, é possível ver vários veículos estacionados no local e várias pessoas aglomeradas, aguardando a o término da fiscalização das equipes. A maioria estava usando máscaras. 

A Polícia Civil não informou se as pessoas presentes na festa foram multadas e nem os responsáveis pela organização.