A rede de supermercados Festval inaugura hoje uma nova loja, localizada na Avenida Comendador Franco (Avenida das Torres), 4160, em que o destaque serão os caixas de autoatendimento, em que os próprios clientes poderão efetuar o pagamento sem a necessidade de um atendente. Essa será a quarta loja inaugurada pela rede neste ano na região de Curitiba.

Leia mais! Pela segunda vez em sete dias, curitibano fatura prêmio da Lotofácil. Veja o resultado!

A nova unidade terá 1.750 metros quadrados de área de vendas e vai empregar 188 colaboradores. O supermercado funcionará das 8h às 22h, de segunda a sábado, e das 8h30 às 20h no domingo. No período das festas de fim de ano, a loja deve estender o atendimento nos dias 23 e 30/12, abrindo às 8h e fechando às 21h. Nos dias 24 e 31/12, abre das 8h às 19h. A loja fica localizada a 200 metros do viaduto estaiado, do lado direito da avenida no sentido São José dos Pinhais.

Viu essa? Para continuar senador, Requião tenta impedir na Justiça posse de Flávio Arns

O gerente de Marketing para Curitiba e Cascavel da rede Festval/ Beal, Fabiano Szpyra, explica que a nova unidade seguirá os padrões das demais lojas inauguradas neste ano, com opções de caixas rápidos (para cestinhas) e caixas para carrinhos e 4 caixas de autoatendimento, chamados self checkout. “É uma opção mais rápida que está tendo boa aceitação por parte dos nossos clientes, em que eles mesmo passam a mercadoria no leitor, pagam e empacotam”, afirma Szpyra

O mercado, segundo ele, também terá gôndolas mais baixas, que melhoram o visual da loja, um espaço gourmet, com uma cafeteria e área de alimentação. Além disso, terá 126 vagas de estacionamento e 19 caixas para atendimento no total. O supermercado comercializará cerca de 15 mil itens nesta unidade.

Atualmente, a rede Festval/Beal tem 11 lojas na região de Curitiba, onde começou com a marca Festval em 2004. A rede, no entanto, existe desde 1972, quando iniciou suas atividades em Cascavel, na região Oeste, como Supermercado Vitória.

“Eu queria vomitar”, diz mulher abusada por João de Deus