Sete filhotes de gambá foram resgatados na manhã deste domingo (12) no Parque Lago Azul, no bairro Umbará, em Curitiba, depois que a mãe deles morreu atropelada. O resgate foi feito pela Guarda Municipal (GM), que foi avisada da presença dos animais por uma frequentadora do parque.

Os gambás foram encaminhados para o Centro de Apoio à Fauna Silvestre do Museu de História Natural, no Capão da Imbuia, junto com pelo menos mais dois filhotes que foram encontrados mortos na pista de corrida do parque. O Centro de Apoio costuma tratar animais silvestres, trazidos pela população, para devolvê-los à natureza. O atendimento ao público no Centro ocorre todos os dias, das 9h às 12h e das 13h30 às 17h.

LEIA+ Policiais fazem tocaia na mata e descobrem fábrica ilegal no litoral

Guardas municipais que faziam a segurança no Lago Azul foram saíram para verificar uma denúncia de que havia animais mortos na pista de corrida. Chegando ao local indicado por uma frequentadora, a GM encontrou dois filhotes de gambá vivos e alguns mortos. Nas proximidades do local, na calçada quase dentro do mato, a equipe encontrou mais quatro filhotes choramingando, perdidos.

Já a mãe deles estava do lado de fora no parque, na rua, já sem vida quando a GM chegou. Os sinais eram de atropelamento.

Não há informação sobre o motivo de alguns filhotes de gambá terem sido encontrados sem vida na pista de corrida.