As provas da Copa Truck, realizadas neste final de semana no Autódromo Internacional de Curitiba (AIC), marcaram o fim das atividades oficiais naquele que foi o palco das principais competições automobilísticas da capital. A partir de agora começa a idealização do projeto Bairru PARC, um bairro totalmente planejado, com novas tecnologias e conceitos, que foi planejado em parceria com o escritório do arquiteto Jaime Lerner, morto em maio deste ano.

O projeto foi criado pela Bairru Urbanismo e ocupará uma área de 560 mil metros quadrados em Pinhais (PR), região metropolitana de Curitiba. A empresa deseja torná-lo referência no mercado imobiliário nacional como uma Operação Urbana Consorciada (OUC). O projeto baseia-se nos princípios do novo urbanismo: Diversidade, Identidade, Mobilidade, Coexistência e Sustentabilidade.

+ Leia mais: Árvore Solidária de Natal; adote uma “cartinha” e faça o bem a quem precisa

Por isso, prioriza a conectividade e a mobilidade, apostando em diversas alternativas de meios de transporte. Possui uma estrutura urbana e redes de infraestrutura que buscam viabilizar viver, trabalhar, se divertir, estudar e encontrar o necessário para o dia a dia no mesmo local, tudo a uma caminhada de 15 minutos

O projeto dá ênfase aos espaços públicos, aos pedestres e aos espaços de convivência. Além disso, ressignifica o espaço que antes era da aceleração, para transformá-lo em um espaço de desaceleração e convivência.

Em termos de sustentabilidade e conectividade, o novo bairro terá soluções de drenagem de forma a aproveitar a água da chuva, lago para contenção de cheias, uso de LED na iluminação pública, pontos de recarga para carros elétricos, arborização em 100% das ruas, rede pública de Wi-fi, mobiliários inteligentes (IoT), rede de Fibra Óptica, estacionamento de veículos compartilhados e sistema de segurança integrado, tudo em big data.

Do total dos 560 mil metros quadrados da área, 300 mil serão ocupados por áreas públicas, incluindo ruas e equipamentos públicos. Os outros 260 mil metros quadrados serão divididos em seis grandes áreas de uso residencial, comercial, misto, serviços e âncoras, lazer e especial. A maior parte desta área (133 mil metros quadrados) será dedicada ao uso residencial e a área comercial abrigará mais de 220 lojas

+ Veja também: Uma das vacinas já apresenta eficácia contra a Ômicron. Consegue adivinhar qual?

Para quem viveu os dias áureos do Autódromo Internacional de Curitiba em seus 54 anos de existência, o Bairru PARC será um espaço de memória afetiva, pois preservará parte do circuito original e também terá um museu do automóvel.

O Bairru PARC não apenas requalificará a área do autódromo como pretende trazer vida nova a todo o entorno, devendo se tornar um polo de atração de lazer e comércio para Pinhais e Curitiba. Além disso, será o primeiro bairro inteligente da região de Curitiba, trazendo mais relevância para Pinhais e oportunidades para as empresas

Outra forma de contribuição do Bairru PARC para o desenvolvimento de Pinhais é com as contrapartidas. A Bairru Urbanismo investiu R$ 2,5 milhões no projeto viário, doado ao município, para readequar o acesso Curitiba-Pinhais e as áreas de influência até Colombo e Piraquara.

No futuro, a área, que hoje gera R$ 600 mil/ano em IPTU para o município, vai render R$ 5,6 milhões/ano em IPTU para Pinhais, sem contar o ISS das atividades de serviço. No total, o Bairru PARC deve gerar R$ 40 milhões em impostos nos seus três primeiros anos., isso sem contar os milhares de empregos que serão gerados em todas as fases de implantação e incorporação.