Uma operação da Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU) encerrou com um evento de uma igreja evangélica, na Avenida do Batel, em Curitiba, no início da noite desta quarta-feira (24). De acordo com a Polícia Militar, que acompanhou a operação, mais de 2,5 mil pessoas participavam do culto, chamado de Noite do Abraão. Vizinhos denunciam a aglomeração no evento, que tinha até um palco montado exclusivamente para o evento.

LEIA TAMBÉM Aumento de casos leva Curitiba a voltar para a Bandeira Laranja. Confira o que muda

De acordo com o Cabo Everson Estácio, da Polícia Militar, a organização do evento chamado “Noite de Abraão” confirmou 1,2 mil cadeiras disponíveis para os participantes. No entanto, havia muita gente em pé, sem distanciamento e todos aglomerados. Com o local lotado, os fiéis em grande maioria estavam utilizando máscaras.

O evento foi encerrado de imediato e os organizadores receberam multas e notificações que, somadas, dão R$ 150 mil. Foram três notificações no valor de R$ 50 mil cada: por promoção de eventos, aglomeração e falta de distanciamento.

Na saída, vários ônibus do interior foram flagrados, além de muitos idosos e crianças. Os pastores da Igreja Mundial do Poder de Deus, responsáveis pelo evento, foram levados ao Primeiro Comando da Polícia Militar, onde assinaram um termo circunstanciado e foram liberados.