O fisioterapeuta Aloysio José Lechenacoske tem provocado emoção aos pacientes que estão internados pela covid-19 no Hospital Marcelino Champagnat, no bairro Cristo Rei, em Curitiba. Com canções e poemas, ele deixa o ambiente mais tranquilo e acalma aqueles que estão buscando a recuperação.

+Leia mais! Fim do “lockdown”: Curitiba volta para bandeira laranja na segunda-feira

Com 26 anos e na linha de frente entre os profissionais de saúde que estão suando a camisa na pandemia, a música foi a arte encontrada para colaborar ainda mais no tratamento de pacientes que ficam internados por um longo período. O vídeo que aparece cantando a música da Cinderela, Dream is a Wish Your Heart Makes (Sonho é um Desejo que o Coração Faz), contou com a gravação de uma técnica de enfermagem. Eu tinha acabado de atender a dona Elza (paciente do vídeo) e ela ouviu eu cantarolar. Aí ela perguntou para a auxiliar se era eu, pois reconheceu minha voz. Voltei ao quarto e ela comentou que achou linda a música. Eu estava emocionado naquele momento e até cantei em inglês e português”, brincou Aloysio.

A música faz parte do dia a dia do fisioterapeuta. Além de cantar para os pacientes e declamar poemas, o fisioterapeuta grava participações nas redes sociais. Segundo ele, a canção fortalece na recuperação física e mental tanto de quem canta como de quem ouve. “A música tem um poder de enfretamento e acredito muito na energia da música. Eu levo isso para meus pacientes, é algo espontâneo. O paciente fica surpreso e gosta com alguns sons e  faço isso de maneira grata. Acredito que eu posso contribuir nos dois sentidos, pois emocionalmente ajuda o lado físico e isso não tem valor que pague”, completou o fisioterapeuta/cantor.

Aprovado

Elza Maria Zawadzki,57 anos, está internada no Hospital Marcelino Champagnat com a covid-19 desde o dia 3 de março. Já demonstrando recuperação, ela também vem utilizando uma espécie de “capacete de astronauta”, chamado de Helmet. Quanto a canção da Cinderela, ela aprovou e pediu bis. “ Foi muito emocionante e não se tem palavras para dizer. Estamos na expectativa nova de vida e grandeza. É muito bom e deveria ter todos os dias em todos os hospitais, especialmente pacientes covid-19. Foi maravilhoso!”, comentou Elza.