Foi por muito pouco que Edilson Ferreira Diniz, 34 anos, se safou de ser castrado, na noite de sábado, no Guabirotuba. Flagrado quando tentava abusar de um menino de 5 anos, ele foi dominado pelos familiares da vítima e apanhou até a chegada da polícia. Com o rosto inchado de levar tabefes, ele foi conduzido por policiais militares ao Ciac Sul, no Portão, para autuação em flagrante por atentado violento ao pudor.

Mesmo sendo conhecido no bairro onde mora, Edilson não conseguiu controlar seus instintos e tentou molestar o menino que mora na mesma região, atraindo-o para uma edícula existente nos fundos da casa do menino, por volta das 21h, onde pretendia violentá-lo.

Socorro

Os familiares da criança sentiram sua falta e passaram a procurá-lo. O irmão mais velho foi até a edícula e surpreendeu o tarado beijando a boca do garoto, que já estava com a calça rasgada.

Dado o alerta, os demais parentes foram em socorro do menino, detendo o acusado até a chegada de policiais do 20.º Batalhão, que o conduziram à delegacia.