A massa de ar polar que chegou ao Paraná neste final de semana deixou a manhã desta segunda-feira (19) com temperaturas de pelo menos 1,6ºC, por volta das 6h15, com sensação térmica de -1ºC. O termômetro perto do zero grau contribui para o fenômeno de geada, que pode ocorrer em áreas descampadas como parques e campos. Para esta segunda-feira a máxima prevista é de 12ºC para o período da tarde.

+Leia mais! Curitiba retoma aulas na rede municipal após aval dos pais e protocolo anti-covid

Por causa desta massa de ar polar, o dia será sem nuvens e de sol brilhando livre no céu de Curitiba. Apesar das temperaturas baixas desta segunda-feira, o frio intenso ainda não chegou a ser o mais forte do ano, registrado em 29 de junho, quando a capital alcançou 0,6ºC e sensação térmica de -3ºC.

A razão para o frio intenso no Paraná é uma forte massa de ar polar que se desloca pela Região Sul do Brasil ao longo desta terça-feira, provocando um declínio muito acentuado das temperaturas em todas as regiões do Paraná. Segundo o Simepar, existe previsão de temperaturas negativas nas Regiões Oeste, Sudoeste Sul, Centro e sul dos Campos Gerais com ocorrência de geadas moderadas a fortes.

Frio segue em Curitiba?

Segundo o Simepar para esta semana o dia mais frio deve mesmo ser esta segunda-feira. Para terça-feira (20), por exemplo, a previsão aponta mínima de 4 e máxima de 15ºC, sem chuvas. Com o passar da semana as temperaturas vão ficando mais amenas, chegando a máxima de 21ºC no sábado (24).

Paraná negativo

General Carneiro registrou a menor temperatura do Paraná nesta segunda-feira: -3,5ºC por volta das 4h da madrugada. Inácio Martins também ficou com índice negativo: -1,7ºC. A cidade de Clevelândia ficou com -1,3ºC.