Um funcionário da Copel ainda não identificado, de aproximadamente 50 anos, morreu eletrocutado por volta das 13h20 desta quinta-feira (12) quando trabalhava na manutenção de luz, na Avenida Manoel Ribas, em frente ao cemitério de Santa Felicidade.

Um rapaz que também estava trabalhando no local se feriu levemente, mas negou atendimento médico do Siate. Em nota enviada à imprensa, a empresa lamentou o ocorrido, afirmou que prestará o auxílio necessário à família e que um processo administrativo será instaurado para apurar as causas do acidente.