No final da manhã de ontem, duas viaturas do Siate voltaram à invasão do Icaraí, Uberaba, onde,há duas semanas oito pessoas foram assassinadas. Os socorristas foram chamados para atender uma garota que teria sido baleada e jogada de um carro em movimento.

Quando chegaram ao local, descobriram que a moça havia sido agredida e não tinha ferimentos de arma de fogo. Ela foi encaminhada ao Hospital de São José dos Pinhais sem risco de morte.

As agressões aconteceram em uma rua de chão, próximo às novas moradias da Cohab, na Avenida Central, perto de onde os suspeitos da chacina moravam. Os policiais militares que estiveram no local, não descobriram o motivo das agressões.