A menina de 13 anos que ficou ferida no grave acidente envolvendo sete carros na Avenida Visconde de Guarapuava, no Batel, na noite da última terça-feira (17), contou no local do acidente que não tinha avisado os pais que tinha saído de casa.

O motorista causador da pancada, supostamente namorado da vítima, fugiu do local deixando a jovem para trás.

Segundo o porteiro que trabalha na região, e que não quis ter o nome divulgado, quando populares perguntaram nome e telefone de alguém conhecido da adolescente para avisar do acidente, a vítima disse que não passaria nenhuma informação. Ela não queria que nenhum familiar ou conhecido soubesse que ela estava ali.

A menina foi encaminha ao Hospital do Trabalhador e liberada cerca de quatro horas depois. Além do Uno, envolveram-se no engavetamento dois Fox, uma Pajero, um Clio, um Sandero e uma Santa Fé.

Demora

Mesmo sem ter recebido o boletim do Batalhão de Polícia de Trânsito, o delegado Eric Guedes, da Dedetran, conseguiu informações preliminares sobre o acidente e providenciou a identificação do proprietário do Uno causador do acidente. O carro estava em nome de uma revenda de carros, que já passou à polícia quem foi o comprador do automóvel. Assim que o delegado tiver o boletim em mãos, deverá intimar o proprietário a prestar depoimento e identificar o condutor do carro.