Um novo golpe está usando o nome da Receita Federal para extrair dados de internautas descuidados. Um falso e-mail está circulando com identificação da Receita, pedindo cópias coloridas de documentos como a Identificação (RG), Carteira Nacional de Habilitação (CNH), comprovante de residência e cartão bancário. A alegação é que caso o destinatário não responda a mensagem, pode ter o CPF suspenso.

De acordo com a Receita Federal, a instituição não envia comunicações eletrônicas a qualquer cidadão para comunicar “divergências nos seus dados cadastrais, tampouco para solicitar documentos pessoais”.

Segundo o órgão, os e-mails podem carregar vírus ou outro tipo de software malicioso, que podem roubar dados pessoais dos usuários, que podem ser usados em outros esquemas de fraude, e também causar danos aos computadores.

Quem quiser conferir a situação de seu cadastro no CPF pode acessar o site da Receita. Em casos que o documento esteja suspenso, o cidadão deve solicitar a regularização pela internet ou procurar os Correios ou o Banco do Brasil.

Novo golpe de WhatsApp usa álbum da Copa como isca