Até setembro deste ano, a região de Curitiba vai ganhar mais uma unidade do programa Armazém da Família. A inauguração da oitava loja na região metropolitana será possível por meio de um convênio entre as prefeituras de Curitiba e Campo Magro, onde vai funcionar a unidade, assinado na última segunda-feira. O Armazém da Família vende produtos em média 30% mais baratos em relação ao varejo convencional. São 300 itens de alimentos e gêneros de primeira necessidade.

+ Atenção! Você está a um clique de ficar por dentro do que acontece em Curitiba e Região Metropolitana. Tudo sobre nossa regiãofutebolentretenimento horóscopo, além de blogs exclusivos e os Caçadores de Notícias, com histórias emocionantes e grandes reportagens. Vem com a gente!

Atualmente, há dez cidades conveniadas ao programa Armazém da Família. Existem lojas do Armazém da Família em Agudos do Sul, duas em Almirante Tamandaré, Bocaiúva do Sul, Mandirituba, Pinhais e São José dos Pinhais, atendendo quase 57 mil famílias que residem nessas cidades. Já os moradores de Campo Magro, Campo Largo, Fazenda Rio Grande e de Quatro Barras podem fazer compras nas 33 unidades de Curitiba.

A nova loja de Campo Magro vai atender, a princípio, 5.563 famílias que hoje usam as unidades em Curitiba. Em setembro, quando for inaugurada a loja, o atendimento ficará concentrado na cidade vizinha. Enquanto em Curitiba a renda familiar máxima para comprar nos Armazéns da Família é de cinco salários mínimos, nos municípios vizinhos há diferentes rendas de acesso aos produtos. Em Campo Magro, o valor de renda máxima estabelecida é de R$ 3 mil (cerca de três salários mínimos).

Bazar de artigos de luxo em Curitiba terá descontos de até 80% neste final de semana