Curitiba retornou para a bandeira laranja após doze dias de bandeira vermelha contra a pandemia de covid-19. Em um vídeo à imprensa, o prefeito Rafael Greca (DEM) explicou os motivos de retomada da bandeira laranja na cidade e alertou: “não hesitarei de fazer uma nova bandeira vermelha se necessário”.

Leia mais! Veja detalhes da nova bandeira laranja em Curitiba

“Estamos encerrando mais um período de bandeira vermelha como cautela sanitária para a cidade de Curitiba. Com a queda do fator R, o fator de retransmissão da pandemia, que estava em 1,11 e que passou a ser de ,089. Temos visto ainda diminuir o número de internamentos em leitos clínicos, e se reduzir paulatinamente o número de leitos de UTIs, podemos voltar para a bandeira laranja”, disse o prefeito.

Grega ainda agradeceu o empenho de todos, inclusive dos comerciantes em um período de sacrifício e grande provação. “Compreendemos o sacrifício de todos os setor comerciais envolvidos da grande provação que é a pandemia. Precisamos de inteligência no drive thru, uso de restaurantes, festas e também nesta data que se aproxima, do dia de Santo Antônio, do famoso dia dos namorados”, alertou o prefeito.

Ao final do vídeo Greca alertou e disse esperar ter sido a última bandeira vermelha, mas que não hesitará em mudar novamente caso a pandemia avance na capital. “Esperamos que tenha sido a última desta longa provação, mas não hesitarei de fazer uma nova bandeira vermelha se necessário. Nosso principal objetivo é salvar vidas e nosso principal objetivo, enquanto não acontecer a vacinação plena, evitar o colapso dos serviços de saúde de Curitiba” disse o prefeito.