O prefeito Rafael Greca apresentou avanço clínico nas últimas horas. De acordo com o boletim médico, apresentado no fim da manhã desta quinta-feira (22), pela equipe do Hospital Nossa Senhora das Graças, Greca teve melhora do quadro neurológico, está lúcido e clinicamente estável.

O prefeito permanecerá internado para monitoração neurológica hospitalar e continuidade da investigação etiológica do evento isquêmico agudo.

Mas, no final da manhã, Greca usou novamente o Facebook e “se deu” alta a partir de amanhã, sexta-feira. “Só boas notícias. Estou saindo do Hospital amanhã, cumpridas as cautelas do protocolo médico. Sinto-me recuperado”, disse.

Depois agradeceu a mensagem recebida pelo arcebispo de Curitiba. “Tive hoje a alegria de receber a visita do Arcebispo Emérito de Curitiba – nosso padrinho de Casamento – dom Pedro Fedalto. O Reverendo amigo foi pessoalmente até a porta do Hospital. A linda carta de bons votos nos foi entregue pela ilustre Irmã Therezinha Remonato, já madre geral das Filhas de Caridade de São Vicente de Paulo na Rue de Bac – em Paris. Ao lado do doutor Clóvis Arns e da Doutora Karin Socher recebi a Sagrada Eucaristia entregue pela gentilíssima Irmã Inês. Também recebemos Margarita e eu centenas de amigos de Curitiba e de fora encheram nosso Coração de Prefeito”.

+ Leia mais: Leite materno de vacinadas tem anticorpos para covid-19, aponta estudo

Greca, que tem 65 anos, sofreu o AVCi na manhã de terça-feira (20), sendo levado às pressas para o hospital. Apesar do susto, não houve comprometimento cognitivo ou motor. Seu estado é estável e o problema foi considerado “leve”. O prefeito foi mantido em observação na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) até a manhã de quarta-feira (21), quando foi transferido para um quarto.

A isquemia cerebral, ou Acidente Vascular Cerebral Isquêmico (AVCI), também conhecido por derrame, é causado pela falta de sangue em uma área do cérebro por conta da obstrução de uma artéria. O AVCI pode deixar sequelas que podem ser leves e passageiras ou graves e incapacitantes. As mais frequentes são paralisias em partes do corpo e problemas de visão, memória e fala.