Em Curitiba, um guarda volumes era usado para contrabandear vinhos argentinos. Numa ação da Receita Federal desencadeada nesta segunda-feira (21) 800 rótulos com valor estimado de R$ 80 mil foram encontrados num estabelecimento do tipo “self storage”. As bebidas estavam sem comprovação de importação.

As mercadorias foram retidas em um box, após trabalhos prévios de seleção e análise de risco das equipes de vigilância e repressão aduaneiras da Receita Federal. Em outro box, no mesmo depósito, foram identificados outros volumes contendo bebidas com suspeita de descaminho.

LEIA TAMBÉM:

>> Bombeiros e cães saem do Paraná pra ajudar em Petrópolis, mas são esquecidos em aeroporto

>> Fuligem misteriosa em Araucária, na RMC, preocupa. Qual é o motivo?

O local todo foi interditado e lacrado e foi feita uma intimação ao responsável, para que ele apresente a documentação fiscal em até 48 horas.

De acordo com a Receita Federal, os depósitos guarda volumes tem apresentado uma grande procura nas grandes cidades, principalmente para armazenamento de documentos, móveis e outros bens usados por pessoas físicas e empresas.

Pantanal

Tibério proíbe Muda de falar com Alcides

Além da Ilusão

Úrsula rouba o bebê de Heloísa

Novidades

Comédia com Paulo Gustavo e mais filmes e séries chegam nesta semana na Netflix, confira!

Carreira

Ganhadora do prêmio de pior atriz a vida rodeada de polêmicas, quem é Anne Heche?