Um homem de 39 anos construiu uma casa na árvore, na Avenida Cândido Hartman, mas proximidades do Parque Barigui, em Curitiba. Ao ser abordado pela equipe da prefeitura, o “morador” estava preparando um café em uma mesa que ficava no solo, onde ele mantinha seus mantimentos. Por conta da situação de risco ele foi orientado a deixar o local e recusou atendimento da assistência social, preferindo recolher os pertences e deixar o local.

Segundo a prefeitura de Curitiba, o homem, natural de São Mateus do Sul, tinha construído a cabana no alto da árvore, perto da elétrica, com pedaços de madeira e lona. Além disso, o homem tinha utilizado instrumentos de rapel para ter acesso à construção.

A equipe da Fundação de Ação Social (FAS), que participou do atendimento, orientou o homem sobre o risco de montar a cabana próxima aos fios de alta tensão. Por não ser pessoa em situação de rua, ele recusou atendimento da assistência social e preferiu recolher os pertences e deixar o local.

E se a moda pega?

A semana em Curitiba foi bastante chuvosa e a casa na árvore pode ter sido uma opção para o homem escapar de tanta água. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a previsão para esta sexta-feira é de mais chuva pra Curitiba, inclusive com alerta laranja de temporal.