Com o dono da residência em viagem, um assaltante imaginou que começaria bem a semana, mas não foi bem assim.  O suspeito, que aparentava ter entre 35 e 45 anos, entrou pelos fundos de uma casa localizada na Rua Maria Bizinelli, no bairro Campo Comprido, em Curitiba. O que ele não imaginava era que o sistema de monitoramento estava ativo e avisou sobre sua presença.

+ Leia mais: Seis morrem após caminhão despencar em ribanceira na Grande Curitiba

“A equipe chegou rápido ao local e visualizou o indivíduo recolhendo alguns objetos na cozinha. Ele fez menção de estar armado e foi alvejado, morrendo no local”, disse Caroline Félix, Aspirante Oficial da Polícia Militar. O Instituto Médico Legal esteve no local para recolher o corpo do assaltante.

O indivíduo tentou enganar as autoridades ao utilizar alumínio na tornozeleira eletrônica. O material impediria que o sinal seja enviado do aparelho para a Secretaria de Segurança Pública do Estado. “Estava envolvido em papel alumínio para prejudicar o trabalho”, concluiu a Aspirante.

Foto: Hedeson Alves / Tribuna do Paraná
Foto: Hedeson Alves / Tribuna do Paraná