A discussão e os tiros começaram na entrada da oficina e terminaram em meio aos carros que aguardavam conserto. Marco Aurélio da Rocha Weiber, 26 anos, chegou de motocicleta ao estabelecimento, na Rua Padre Rafael José Kalinowski, Jardim Maria Angélica, Pinheirinho. Ele tinha encontro marcado para o início da noite.

Segundo testemunhas, após estacionar a motocicleta, por volta das 19h, Marco discutiu com o assassino, que sacou uma arma e atirou várias vezes. “Identificamos um tiro na cabeça. Pelo que as testemunhas dizem, ele e o homicida discutiam sobre uma dívida que tinha de ser paga”, disse o tenente Marçal, do 13.º Batalhão da Polícia Militar.

Desconhecido

Marco não trabalhava na oficina. “Acredito que escolheram este local para o encontro porque é de fácil acesso”, supôs o tenente. Vizinhos disseram que o assassino chegou e fugiu a pé. A moto YBR placa AOC-6766, pertencia à vítima. Ninguém disse conhecer o rapaz. “Pesquisamos a ficha da vítima e não encontramos passagens pela polícia”, informou Marçal.