Nesta segunda-feira (8), o Hospital Universitário Evangélico Mackenzie abriu oito novos leitos de UTI exclusivos para o tratamento de pacientes com suspeita ou confirmação de covid-19. No último sábado (6), o hospital chegou a 100% de ocupação. Com a implantação, o hospital passou de 43 para 51 leitos de UTI adultos covid-19. As novas vagas já começaram a funcionar no sábado.

LEIA TAMBÉM “Chegamos ao limite das nossas forças”, desabafa Márcia Huçulak nas redes sociais

“Não estamos medindo esforços para enfrentar este momento delicado. Aceleramos o processo de contratação de novos profissionais e a execução das instalações físicas para possibilitarmos o funcionamento de mais leitos de UTI para atender a população curitibana”, destaca o diretor-geral do HUEM, Dr. Rogério Kampa.

Para viabilizar o aumento de vagas foram contratados 24 profissionais da área da saúde, entre enfermeiras e técnicos de enfermagem, com equipe médica ampliando seus turnos.

Além dos 51 leitos de UTI reservados, são mais 48 vagas de enfermaria adulto e 10 leitos pediátricos para pacientes com suspeita ou confirmação de Covid-19. No quinto andar está reservada uma sala de cirurgia exclusiva para os pacientes.

A médica intensivista Marcela Bueno faz um alerta à população. “Passamos por altos e baixos durante este um ano de pandemia, e agora estamos vivendo novamente um momento crítico. Aumento no número de casos em pessoas mais jovens e muito cansaço das equipes. Fazemos um apelo para que todos sigam os cuidados necessários para conter a disseminação do vírus”, ressalta.