A Universidade Federal do Paraná (UFPR) foi condenada a indenizar dois candidatos que tentaram prestar o concurso da Polícia Civil em 2021, que foi adiado devido a pandemia da Covid-19. Os candidatos saíram do interior de São Paulo para realizar a prova. A decisão foi da 11ª Vara Federal de Curitiba.

LEIA TAMBÉM:

>> Locomotiva Mariazinha é sucesso em Curitiba! Entenda como trem virou enfeite de jardim

>> Mais de 24 mil kits de parabólicas digitais serão distribuídas em Curitiba

>> “Rocinha” de Curitiba, bairro vê criminalidade só crescer com o tráfico

Na ação, o juiz entendeu que a universidade deve pagar R$ 2.669,48, com correção monetária por danos materiais aos candidatos, relatando que a UFPR deveria ter tomado medidas com antecedência quanto a desistência de aplicadores, locais de prova sem condições de uso e falta de pilhas para termômetros.

A indenização definida pela Justiça compreende valores que os candidatos gastaram com hospedagem, transporte e alimentação. A UFPR disse que ainda não foi notificada da decisão e que irá se manifestar no processo.

As provas estavam marcadas para o dia 22 de fevereiro de 2021, e o cancelamento poucas horas antes do concurso gerou revolta nos candidatos.