A manifestação da tarde deste domingo (12) contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), em Curitiba, reuniu manifestantes para um ato na Boca Maldita, na Rua XV de Novembro, no Centro. Com cartazes e camisetas brancas, o grupo pediu o impeachment do presidente, combate à pandemia de coronavírus (covid-19) e o fim do populismo.

+ Leia mais: Homem morre e duas mulheres ficam feridas no Largo da Ordem após confusão com GM

Na Boca Maldita, os discursos feitos em um carro de som traziam críticas ao Governo Federal e tinham como grito de guerra a frase “fora Bolsonaro”. O ato também foi contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Aliás, o foco no “nem Bolsonaro, nem Lula” acabou por esvaziar a manifestação, já que a correntes de esquerda ligadas a partidos como o PT também iriam participar dos protestos, mas acabaram desistindo justamente pelos gritos contra Lula.

A convocação dos protestos na capital do Paraná foi impulsionada pelo partido Novo, com apoio do PSDB, PDT, PCdoB e MBL. Assim como em outras capitais do país, o número de manifestantes foi menor do que o registrado no dia 7 de Setembro, quando os atos eram a favor de Bolsonaro.

+ Veja também: Cinco paranaenses vão dividir prêmio da Lotofácil da Independência. Veja as lotéricas “pé quente”

A imagem que ilustra essa matéria é a reprodução de um vídeo do canal Marcelo Rangel, no Youtube. Confira o vídeo!