Um jovem do Rio de Janeiro que veio a Curitiba para um treinamento de uma rede de restaurantes desapareceu. Desde o dia 11 de agosto, a família de Heverton Silva Assem, 21 anos, não tem nenhuma informação sobre ele, mas ainda tem esperanças de que esteja na cidade.

Foto: Colaboração/Arquivo pessoal
Foto: Colaboração/Arquivo pessoal

Conforme apurou a Tribuna do Paraná, o rapaz estava em Curitiba há 15 dias e passaria dois meses na cidade para um treinamento que o permitiria, depois, trabalhar na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. Hospedado no Centro de Treinamento (CT) da rede de restaurantes, o rapaz foi visto pela última vez na noite do dia 11, quando estava no Largo da Ordem com alguns colegas de empresa.

“A última vez que o viram foi por volta das 22h. Ele disse que iria ao CT para buscar mais dinheiro ou algo assim, mas não voltou mais. Até agora, não tivemos nenhuma informação sobre ele, que deixou até o celular onde estava hospedado, tinha esse costume”, contou Marcos, um amigo da família, que veio até Curitiba com o pai de Heverton.

A rede de restaurantes pagou a passagem e a hospedagem para que a família procurasse por Heverton na capital do Estado. “Eles, inclusive, tomaram a responsabilidade de fazer o boletim de ocorrência do desaparecimento. Também estão preocupados, mas já fizemos de tudo e não conseguimos nada”, explicou.

Durante as buscas pelo Centro de Curitiba, o pai e o amigo souberam de uma pousada próximo a Rua São Francisco, onde Heverton teria passado. “Mas fomos até lá e não o encontramos, embora tenhamos desconfiado um pouco do homem que conversou conosco”.

O boletim de ocorrência foi registrado na Delegacia de Proteção à Pessoa (DPP), vinculada à DHPP. A Polícia Civil também não tem informações sobre o paradeiro de Heverton. Denúncias podem ser passadas pelo telefone (41) 3360-1400 ou ainda pelo 0800-643-1121.