Como prometido, o advogado Rodrigo Faucz tentou nesta quarta-feira (20) anular todos os depoimentos prestados na audiência de instrução do chamado Caso Daniel. Defensor de dois dos réus, Ygor e Deivid, ele não pôde comparecer aos dois primeiros dias por compromissos anteriormente assumidos. A juíza, no entanto, indeferiu o pedido.

Segundo Faucz ele fez a defesa de seu doutorado em Minas Gerais e comunicou o juízo em tempo hábil, sugerindo inclusive outras datas. A juíza Luciani Regina Martins de Paula, da 1ª Vara Criminal de São José dos Pinhais, decidiu por indeferir o pedido de nulidade das audiências. O advogado deve recorrer da decisão preliminar da juíza no Tribunal de Justiça do Paraná.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

O imbróglio atrasou o início das audiências do 3° dia. Confira tudo que aconteceu no primeiro e no segundo dia.

ACOMPANHE O TEMPO REAL DO JULGAMENTO!