Serão entregues nesta sexta-feira (2) mais remédios do kit intubação para as regionais de saúde do Paraná. Segundo informou o governo do estado, 108 mil medicamentos chegarão aos hospitais para serem usados por pacientes internados nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI) que precisam ser intubados. A maior parte dos remédios, de acordo com o governo, foi adquirida pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) para atender à demanda das unidades que tratam pacientes em estado crítico da covid-19. Do lote, cerca de 20 mil unidades foram enviadas ao Paraná na quinta-feira (1.º) pelo Ministério da Saúde. A Sesa buscou fornecedores estrangeiros para conseguir os medicamentos.

LEIA TAMBÉM Suspensão das cirurgias eletivas no Paraná é prorrogada por mais 30 dias

Conforme explica a Sesa, os medicamentos serão entregues para as 22 Regionais de Saúde, junto com a nova remessa de vacinas recebidas na quinta-feira pelo estado. O volume é composto por 40 mil analgésicos, 4.500 sedativos e 3.500 bloqueadores neuromusculares, mais 40 mil unidades de sedativos compradas pela secretaria e que também desembarcaram nesta quinta-feira no Paraná, e 20 mil bloqueadores enviados pelo ministério.

Com a alta demanda pelos kits intubação no Brasil, dado o aumento nas internações com a escalada da pandemia do novo coronavírus, a Sesa buscou fornecedores estrangeiros para conseguir os medicamentos. As Regionais de Saúde serão as responsáveis pela distribuição dos kits entre os hospitais que compõem a rede de atendimentos à covid-19 no Paraná. Na semana passada, o estado já tinha entregue 150 mil medicamentos para intubação à rede.

Para o secretário da Saúde, Beto Preto, tanto a manutenção do estoque de medicamentos nos hospitais da rede covid-19 como a ampliação de leitos no sistema de saúde são estratégias para enfrentar o coronavírus, mas o foco do Paraná, no momento, é na solução a longo prazo: a vacinação. 

Vacinas

Os medicamentos do kit intubação serão distribuídos junto com o novo lote de vacinas recebidas, o 11.º enviado pelo Ministério da Saúde desde o início da campanha de imunização. São quase 525.450 doses – 492.200 da Coronavac, produzida pela Sinovac e Instituto Butantan, e 33.250 doses da Covishield, produzida pela Universidade de Oxford com AstraZeneca e Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). 

Com essa remessa, já são mais de 2 milhões de doses recebidas, chegando a 2.253.300 vacinas. Até agora, o Paraná já imunizou 1.130.495 pessoas, com 1.372.682 vacinas aplicadas, sendo 242.187 da segunda dose.