O auxiliar de produção David André dos Reis, 27 anos, morreu em confronto com policiais na madrugada de sexta-feira (4), em Quatro Barras. Ele e mais quatro homens eram suspeitos de tentar roubar um carro para fugir, após assalto a uma fábrica. O veículo era uma viatura descaracterizada do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope). Além de David, que morreu no local, Tiago Cordeiro Rodrigues, 24 anos, também foi baleado e está internado no Hospital Angelina Caron, sob escolta do Bope.

De acordo com a polícia, os cinco homens usavam balaclavas e coletes à prova de balas. Armados, invadiram uma fábrica de peças para carros, no bairro Borda do Campo, por volta de 1h40 de ontem, renderam cerca de 10 funcionários e os trancaram na guarita do vigilante. Roubaram o cofre da empresa e ainda tentaram arrombar um caixa eletrônico no prédio, sem sucesso. Na saída, levaram o carro de um supervisor, que acionou o sistema de rastreamento do veículo. O Gol parou de funcionar 200 metros adiante.

Erro

Para continuar a fuga, os marginais tentaram parar outro carro, na Rua Domingos Mocelin Neto. Os marginais não perceberam que era uma viatura descaracterizada e deram voz de assalto aos policiais. Os PMs reagiram atirando e houve confronto. Dos cinco bandidos, apenas dois foram baleados e com eles o Bope apreendeu dois revólveres. Os outros três, ainda não identificados, conseguiram fugir.

A polícia apreendeu coletes balísticos, que podem ter sido roubados de uma empresa de segurança no Bacacheri, 11 de abril.