Uma situação inusitada movimentou a Polícia Militar (PM) do Litoral do Paraná. Um surfista enterrou as chaves de seu carro na faixa de areia da Praia de Leste, em Pontal do Paraná, na manhã de quinta-feira (9), e caiu no mar para pegar ondas. No entanto, um homem viu e furtou o Celta de cor branca.

Segundo a PM, o proprietário só percebeu que seu veículo havia sumido da Avenida Atlântica por volta das 12h, depois de terminar a prática esportiva no mar. Imediatamente, ele acionou a polícia e o trabalho de patrulhamento pela região começou. O carro foi recuperado horas depois.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

A vítima acompanhou a equipe durante a busca e avistou seu carro abandonado no Balneário Monções, a aproximadamente dois quilômetros do local do crime. O veículo estava trancado e um eletricista foi chamado para ligá-lo. O carro foi encaminhado ao quartel da PM, do balneário de Praia de Leste e, logo pós a confecção do Boletim de Ocorrência, foi entregue ao dono.

Cuidado

A orientação da Polícia Militar é de que a população tome cuidado ao esconder objetos, como a chave do carro, para evitar que pessoas mal-intencionadas aproveitem a situação para furtar o veículo. “Se for optar por esconder a chave, é necessário observar bem se não há alguma pessoa no entorno vigiando sua movimentação”, afirmou o soldado Wellington de Alcântara dos Santos.

Além disso, ele aconselha os motoristas a estacionar sempre em ruas movimentadas para dificultar a ação de criminosos. “Praias em Pontal do Paraná e Matinhos apresentam extensões de orla marítima desertas, onde os bens acabam ficando à mercê de bandidos”, alertou.

Tatiane Spitzner é homenageada em caminhada do Dia do Advogado em Curitiba