Fernando de Oliveira Rocha, 27 anos, tentava deixar o vício pelas drogas e recomeçar a vida. Tratou-se e voltou a trabalhar. Porém, foi assassinado a tiros, na madrugada de sábado, na esquina da Rua José de Oliveira Franco com a Rua João Ramalho, no Bairro Alto.

A Delegacia de Homicídios apurou que Fernando levou quatro tiros – um na cabeça, um no peito e dois nas pernas. A família contou à polícia que Fernando era viciado em drogas há cerca de 10 anos e ficou cinco meses internado numa clínica, no interior de São Paulo. Durante o tratamento, algumas pessoas foram até a residência de Fernando para cobrar algo. Há cerca de um mês, Fernando voltou a Curitiba. Arrumou emprego e começou a trabalhar na quinta-feira. A suspeita é que os cobradores ficaram sabendo do retorno do jovem e o assassinaram.