A pista da Linha Verde no sentido Pinheirinho/Atuba, logo após o viaduto da Rua Alberico Flores Bueno, terá um desvio a partir da próxima terça-feira (3). O tráfego de veículos será colocado todo na via marginal para que avancem as obras para a construção de uma trincheira no local.

A previsão da Secretaria Municipal de Obras Públicas (SMOP), que coordena a execução do trabalho na Linha Verde, é de que o desvio permaneça no local durante dez meses. Para dar mais segurança e conforto aos motoristas, durante o final de semana serão feitas invenções para melhorar o pavimento das faixas que serão mais utilizadas a partir de então.

Para este serviço, será feito o bloqueio parcial da via. 

Desde que os trabalhos foram retomados no Lote 4.1 da Linha Verde, em dezembro do ano passado, a trincheira que irá destravar o trânsito na região começou a ganhar forma. A parte final de obras da Linha Verde compreende ao trecho entre as estações Solar e Atuba. 

As primeiras das cerca de 900 estacas de nova estrutura viária já foram perfuradas e preenchidas com concreto e ferragem. Também está em andamento a escavação do leito da trincheira, que levará, sem paradas, motoristas de Colombo em direção à Curitiba e vice-versa. 

Sobre o futuro viaduto que também será feito no local irão passar quem chega ou segue para os municípios vizinhos de Campina Grande do Sul e Quatro Barras e a divisa com o estado de São Paulo.

A terra que está sendo retirada no Atuba está sendo utilizada para aterrar a área nas imediações do Conjunto Solar, local por onde irão passar as novas pistas da Linha Verde e serão instaladas as estações-tubo do sistema de transporte coletivo da cidade.