O apresentador da Globo Luciano Huck deixou de ser sócio da rede de restaurantes Madero, segundo a revista Veja. Ele vendeu sua parte na empresa para o sócio majoritário, Junior Durski, que é um apoiador do presidente Jair Bolsonaro e um crítico das medidas de isolamento social promovidas por conta da pandemia.

LEIA MAIS – Curitiba tem o dobro de casos ativos de covid-19 do Rio de Janeiro e passa por momento crítico da pandemia

Huck é crítico das visões do presidente e tem o nome especulado como candidato à presidência para 2022. Em março, o apresentador havia dito ao jornal Folha de S.Paulo que as divergências políticas não influíam no negócio. “Somos sócios e pensamos diferente do ponto de vista político”, disse na ocasião.


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?