O empresário Luiz Abi Antoun, primo do ex-governador do Paraná Beto Richa, morreu após capotar o carro numa estrada em Rondonópolis, no Mato Grosso, no início da tarde desta terça-feira (08). A informação foi confirmada por fontes da reportagem da Gazeta do Povo.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal de Mato Grosso, uma caminhonete Amarok saiu de pista na altura do km 17 da BR-163 e logo em seguida capotou.

LEIA TAMBÉM:

>> Golpe faz prefeitura do Paraná perder mais de meio milhão de reais

>> TCU nomeia representante para fazer pente fino nas novas concessões de pedágio no PR

Luiz Abi Antoun ficou preso nas ferragens e morreu no local. Uma outra pessoa, ainda não identificada, foi encaminhada em estado grave para o Hospital Regional de Rondonópolis. A polícia não informou se havia mais veículos envolvidos no acidente.

Operação Quadro Negro

O empresário, primo do ex-governador, foi acusado de corrupção passiva no processo que investigou o desvio de R$ 20 milhões na construção de reformas de escolas públicas durante o governo Beto Richa. Na época, ele negou as acusações.

Abi teve a prisão preventiva revogada pelo ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF) em março de 2021, no âmbito da operação Quadro Negro. Na ordem de ofício, assinada em 22 de fevereiro, o ministro também mandou retirar o nome de Abi da difusão vermelha da Interpol.

Em setembro de 2018, Abi viajou para Biblos, no Líbano, com retorno previsto para outubro daquele ano, o que não ocorreu. Em julho de 2019, as autoridades libanesas impuseram medidas cautelares, como a apreensão dos documentos pessoais, incluindo passaporte.

Pantanal

Zuleica não aceita morar na fazenda com os filhos

Além da Ilusão

Davi expulsa Iolanda de casa

Novidades da Netflix

Filmes e séries que chegam à Netflix nesta semana

Estreia da semana

5 curiosidades sobre “O Telefone Preto”