A população de Araucária, Curitiba e toda Região Metropolitana da capital ficou assustada com o ataque de um macaco bugio contra uma criança que estava dentro de um apartamento. Um vídeo gravado por moradores do condomínio mostra como o macaco faz para entrar nos apartamentos e a força do bicho, que no detalhe aparece praticamente arrancando uma tela da porta da varanda.

O bebê, de apenas um ano e nove meses, ficou gravemente ferido, sendo necessária uma cirurgia no Hospital do Trabalhador, em Curitiba, para reparar o couro cabeludo no pequeno, área mais atingida. O síndico do condomínio disse à Tribuna do Paraná que o animal aparece frequentemente e que o Instituto Ambiental do Paraná (IAP), responsável pelo recebimento, tratamento e destinação adequada de animais silvestres, retornou sua ligação após a criança ser atacada pelo animal.

 

+ Leia mais: Festival da Coxinha reúne variedades inusitadas do salgado mais querido do mundo

 

Foto: Colaboração/Ed Dimas da Cunha
Foto: Colaboração/Ed Dimas da Cunha

Responsabilidade

A reportagem entrou em contato com o Batalhão de Polícia Ambiental – Força Verde e recebeu a informação que o “manejo” – tirar o animal da área urbana para outro local adequado – não é responsabilidade do órgão, mas que apesar disso, ofereceu apoio na ocasião e que o macaco não foi localizado.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

A Força Verde atua quando há crime e, como houve agressão, a ocorrência foi atendida pela equipe. Além disso, os policiais informaram que é importante não alimentar os animais e nem estimular contato, já que isso pode resultar em um acidente.

Consumo de produtos orgânicos possibilita um futuro sem câncer, dizem especialistas