Um caso monstruoso e sem limites de crueldade com os próprios filhos. Assim, a Tribuna do Paraná conta uma história que ocorreu em Curitiba e que deixa qualquer um assustado. Uma “mãe” de 44 anos oferecia seus filhos de 9 e 11 anos para a prática de atos libidinosos a um homem de 54 anos, em troca de dinheiro e bebidas alcoólicas. O crime foi descoberto pela Polícia Civil que prendeu a dupla na manhã de quinta-feira (25), no bairro Taboão, em Curitiba.

+ Atenção! Você está a um clique de ficar por dentro do que acontece em Curitiba e Região Metropolitana. Tudo sobre futebolentretenimentohoróscopo, blogs exclusivos e os Caçadores de Notícias, com histórias emocionantes e grandes reportagens. Vem com a gente!

“Ano passado tinha sido feito um boletim de ocorrência e começamos a investigação. Mais de 16 pessoas foram ouvidas e com escutas telefônicas especializadas chegamos à conclusão de que o indivíduo estaria abusando sexualmente destas duas crianças, e a mãe era conivente dos fatos. Além disto, ela submetia os filhos à exploração sexual. Chegava a inventar histórias para deixar as crianças com o indivíduo. Um dos abusos foi que ele colocou um pano no rosto da menina e quando ela percebeu estava sem roupa”; revelou o delegado-chefe no Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente (Nucria), José Barreto de Macedo.

Mãe negou os fatos

Ao ser questionado pela Polícia Civil, a mulher negou ter conhecimento dos fatos. Apenas relatou que seria amiga do acusado e que o uso constante de bebida alcoólica seria o motivo de existir a amizade. “Ele é bem conhecido no bairro e tem fama de gostar de bebida. A aproximação veio por aí, mas os relatos de testemunhas e das próprias crianças deixam até a gente da polícia assustada. Um dos abusos chegou a acontecer no Parque Tanguá”, relatou o delegado.

A dupla irá responder por estupro de vulnerável, favorecimento da prostituição e ameaça. Já as crianças foram encaminhadas inicialmente ao Conselho Tutelar. Em seguida a menina teve a guarda provisória dada ao pai e o menino foi levado para a casa de parentes em São Paulo.

 

Apelo comovente faz pizzaria da grande Curitiba realizar desejo de criança