A prefeitura interditou mais cinco bares de Curitiba no fim de semana por não impedirem aglomerações, uma das principais formas de transmissão da covid-19. Os estabelecimentos fechados são nos bairros Mercês, Água Verde, Rebouças, além de uma tabacaria no Sítio Cercado e uma casa noturna no São Braz.

No total, a Secretaria Municipal de Urbanismo fiscalizou 26 estabelecimentos comerciais entre as noites de sexta-feira (22) e sábado (23). Apenas seis destes estabelecimentos não foram notificados. Além do descumprimento da regra de distanciamento social de 1,5 m de uma pessoa para outra, alguns dos estabelecimentos notificados também estavam com alvarás inadequados.

LEIA MAIS – Banda da PM suaviza o clima em hospitais e no isolamento social na pandemia

Por causa da pandemia, está proibido o funcionamento de casas noturnas e a realização de eventos e festas em Curitiba e em outras cidades do Paraná – na noite de sábado (23), uma ação policial estourou uma festa clandestina com 80 pessoas em Matinhos, no litoral do Paraná. Também está impedido na capital o consumo de narguilés nas tabacarias.

Descumprimento do decreto

“Mesmo com ampla orientação, ainda há estabelecimentos em desacordo com o decreto municipal, expondo funcionários e clientes ao risco de contágio”, ressalta a diretora do Departamento de Fiscalização da Secretaria Municipal do Urbanismo, Jussara Policeno de Oliveira Carvalho, em entrevista ao site da prefeitura.

VEJA TAMBÉM – Regras pra restaurantes com buffet durante a pandemia serão votadas na Assembleia Legislativa do PR

Uma das principais infrações observadas pela fiscalização durante a pandemia é a falta de estratégia para evitar a reunião de pessoas nas áreas externas dos estabelecimentos e o uso de máscaras em todos os ambientes, mesmo naqueles onde não há contato com o público. “Mesmos nas áreas externas a responsabilidade por conter aglomeração é do proprietário do estabelecimento”, enfatiza Jussara.


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?