O sinal analógico de televisão será desligado no dia 31 de janeiro. E o instituto Seja Digital, responsável por atuar na migração do sinal analógico para o digital, já distribuiu 248 mil kits gratuitos na grande Curitiba, para famílias que ainda possuem a TV antiga e precisam adaptá-la à nova modalidade de transmissão de sinal.

O kit para adaptar a TV é composto por antena digital e conversor com controle remoto, que permitem que televisores antigos tenham acesso ao sinal digital. “As famílias que ainda não retiraram o kit gratuito, ou não sabem se tem direito, devem acessar o portal sejadigital.com.br/kit ou ligar gratuitamente para o número 147, com o NIS (Número de identificação social) em mãos e agendar a retirada”, reforça Sandra Frasson, gerente regional da Seja Digital. “No agendamento, as pessoas escolhem data e horário para retirar os equipamentos em um dos locais disponíveis na região”.

Locais

O desligamento do sinal analógico da televisão está previsto para acontecer no próximo dia 31 de janeiro na Curitiba e nos outros 26 municípios da região metropolitana: Araucária, Balsa Nova, Bocaiuva do Sul, Campina Grande do Sul, Campo Largo, Campo Magro, Carambeí, Colombo, Contenda, Fazenda Rio Grande, Guaratuba, Imbituva, Itaperuçu, Lapa, Mandirituba, Palmeira, Pinhais, Piraquara, Ponta Grossa, Quatro Barras, Rio Branco do Sul, São José dos Pinhais, Teixeira Soares, Tijucas do Sul e Tunas do Paraná. Após essa data, só será possível assistir à programação da TV aberta por meio do sinal digital. Para estar preparado antes da data-limite, é importante verificar se a antena já é digital e se o aparelho de televisão precisa de um conversor externo, aparelho que transforma o sinal digital em analógico e permite que a TV continue transmitindo a programação.

O processo de remanejamento do sinal teve início em abril de 2015 e, de acordo com cronograma definido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, mais de 1300 municípios terão o sinal analógico desligado até 2018.