Um suspeito de roubo foi preso em flagrante, no primeiro dia de reforço da Patrulha Escolar da Polícia Militar na região do Colégio Estadual do Paraná, Centro. Robson Marcos de Oliveira, 30 anos, roubou o celular de uma estudante e tentou assaltar mais quatro pessoas, no início da manhã de ontem, mas foi segurado por populares até a chegada dos policiais. Um cartaz com a foto dele foi colocado no colégio e pelo menos outros 15 estudantes reconheceram o homem como autor de furtos e roubos na área.

De acordo com o cabo Andrade, da PM, Robson fez menção de estar armado para levar o celular da aluna. Ele foi perseguido e segurado por populares em frente ao colégio. No local, outras vítimas reconheceram o suspeito como autor de roubos. Segundo a PM, ele veio de Mato Grosso do Sul e é morador de rua. Robson tem passagem por furto, roubo e porte de drogas. Ele foi encaminhado ao 1.º Distrito Policial, onde foi autuado por um roubo consumado e quatro tentativas.

Na semana passada, a direção do colégio se reuniu com a PM para discutir ações para reduzir o número de assaltos na região. Segundo a diretora, Laureci Schmitz Rauth, os roubos ocorrem há aproximadamente cinco anos e chegam à média de 10 alunos assaltados por semana.

A partir desta semana, o trabalho da Patrulha Escolar na região foi reforçado com policiamento a pé. Com apoio das viaturas, os policiais vão atuar em três turnos, das 7h às 23h. “Toda ação é bem-vinda para resolver esse problema, porque temos muitos alunos desistindo de vir para aula. Quando são assaltados, eles ficam assustados, faltam, perdem avaliações e conteúdo, prejudicando o andamento escolar”, afirmou Laureci.