Cerca de cem integrantes do Movimento Popular por Moradia (MPM) bloquearam na manhã desta sexta-feira (15) os dois sentidos da BR-277, na altura do quilômetro 100, em Curitiba, no trecho entre a capital e Campo Largo, na Região Metropolitana. A manifestação foi iniciada por volta das 6h30 e encerrada às 8h.

Equipes da Polícia Rodoviária Federal estiveram no local. A fila na pista sentido Curitiba chegou a mais de dez quilômetros. Os manifestantes protestavam contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff, que será votado neste fim de semana. Eles carregavam faixas com os dizeres “Não vai ter golpe, vai ter democracia!”. Os participantes também queimaram pneus na rodovia.

Devido à manifestação, todo o Contorno Sul de Curitiba, na BR-376, no sentido Ponta Grossa, ficou com trânsito lento. 

Interior

Em Nova Laranjeiras, cidade próxima a Quedas do Iguaçu, cerca de mil integrantes do Movimento Sem-Terra (MST) bloquearam a BR-277, no quilômetro 476, das 8h até o meio-dia. Houve interdição total da pista. No último dia 7, dois participantes do movimento foram mortos pela Polícia Militar durante um confronto na sede da empresa Araupel, em Quedas do Iguaçu.

Já em Jacarezinho, cerca de 200 integrantes do MST promoveram uma manifestação no pedágio da cidadeno quilômetro 1 da BR-153, no Norte do Paraná, das 9h ao meio-dia. Também houve bloqueio total das duas pistas. No município de Cascavel, aproximadamente 500 trabalhadores rurais, ligados ao MST, liberaram as cancelas da praça de pedágio localizada no quilômetro 569, na BR-277, também entre 9h e meio-dia. 

São Paulo

Diversas manifestações ocorrem pelo restante do país. Em São Paulo, um grupo fechou a rodovia dos Imigrantes na altura do quilômetro 15, na chegada à capital. O trânsito ficou muito engarrafado na região, e todas as faixas foram bloqueadas. Ainda na capital paulista, membros da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) se mobilizaram na Ponte das Bandeiras, sentido Santana. Os manifestantes estenderam uma faixa com a inscrição ‘fora Cunha’ e exibiam cartazes com pedido pela democracia.

Confira a lista das estradas do Paraná que sofreram interdições nesta sexta-feira (15):

1) Curitiba (BR 277, quilômetro 100, interdição total promovida pelo Movimento Popular de Moradia, com cerca de cem manifestantes, entre 6h e 8h); 
2) Nova Laranjeiras (BR 277, quilômetro 476, interdição total com cerca de mil integrantes do MST, entre 8h e meio-dia); 
3) Jacarezinho (BR 153, quilômetro 1, interdição total com cerca de 200 integrantes do MST, entre 9h e meio-dia);
4) Cascavel (BR 277, quilômetro 568, cancelas abertas por aproximadamente 500 integrantes do MST, entre 9h e meio-dia);
5) São Miguel do Iguaçu (BR 277, quilômetro 704, bloqueio total por integrantes do MST, alternado com liberações intermitentes, entre 9h30 e meio-dia);
6) Mauá da Serra (BR 376, quilômetro 295, interdição total, cerca de 400 integrantes do MST, encerrada ao meio-dia).

Confira o vídeo da manifestação ocorrida em Cascavel: 

Foto: PRF.