Diversas centrais sindicais vão organizar uma mobilização no Dia do Trabalho, comemorado nesta terça-feira (1º). O evento, que acontece a partir das 14h, na Praça Santos Andrade, no centro de Curitiba, vai reunir representantes da CUT, CTB, CSB, Força Sindical, Intersindical, Nova Central e UGT, que terão como objetivo principal reivindicar direitos e manifestarem em favor da liberdade do ex-presidente Lula.

Além de membros e líderes sindicais, artistas nacionais também estarão presentes no ato. Entre os nomes confirmados, estão os das cantoras Beth Carvalho, Maria Gadú e Ana Canãs e também de Flavio Renegado (RAP) e Fábio Elias (Relespública), que se apresentarão no palco do evento. A deputada estadual e pré-candidata à presidência Manuela D’Ávila (PCdoB-RS), o líder esquerdista e pré-candidato à presidência pelo Psol, Guilherme Boulos e a ex-presidente Dilma Rousseff também estão entre as presenças esperadas no manifesto.

De acordo com o secretário geral da CUT, Marcio Kieller, a expectativa é reunir mais de 30 mil pessoas no evento que deverá se estender ao longo da tarde. “Vamos receber caravanas de todas as regiões do Brasil e também de países vizinhos, como Argentina, Bolívia, Paraguai e Venezuela. O objetivo principal é reivindicar a liberdade sindical, pleitear os direitos da classe trabalhadora e, é claro, a liberdade de Lula”, ressalta.

Dia do Trabalho será de sol e calor no Paraná