Em boa parte do mundo hoje é o “Valentine’s Days”, ou Dia de São Valentim. Fotos de casais apaixonados, gifs animados e todos os penduricalhos existentes na internet invadiram nossas redes sociais desde as primeiras horas da manhã. Parece o nosso “Dia dos namorados”, mas ainda estamos bem longe do dia 12 de junho. Então do que se trata?

Na internet encontramos algumas justificativas para a escolha da data. A mais popular trata de uma homenagem ao padre Valentim, que na Roma antiga lutou contra as ordens do imperador Cláudio II, que proibira o casamento durante as guerras por achar que isso iria melhorar a performance dos seus soldados.

  • Mande para a Tribuna do Paraná um vídeo com uma declaração de amor homenageando seu namorado (a), marido (a) ou amigo (a). O vídeo precisa ter no máximo 30 segundos. A gente pode publicar as declarações no final do dia de hoje. O whats da redação é (41) 9 9683 9504.

Ele continuou celebrando casamentos e após preso e condenado à morte, se apaixonou pela filha cega de um carcereiro. O amor de ambos teria devolvido a visão à garota. A igreja católica chegou a oficializar o dia no seu calendário como homenagem aos que acreditavam no amor e no casamento, mas diante da ausência de confirmação dos feitos de Valentim mudou de ideia no século passado. O dia, no entanto, seguiu popular entre as pessoas.

Outra referência mostra o festival romano Lupercalia como origem das comemorações deste dia. A festa celebrava a fertilidade homenageando Juno (Deusa da mulher e casamento) e Pan (Deus da natureza).

O Valentine’s Day – assim como o Dia das Bruxas – se popularizou no Brasil por influência de filmes e séries, mas também pelas escolas de inglês que usam a data para auxiliar nas atividades de ensino do idioma.

Além de considerado o Dia dos Namorados, o Valentine’s Day também é um dia de agradecimento pelo carinho de amigos e pessoas próximas. Nos Estados Unidos, por exemplo, a troca de cartões é uma tradição muito bonita. Expressar o amor ao próximo e reconhecer a importância daqueles que estão sempre próximos é sempre positivo para qualquer amizade.

Mas porque no Brasil o “Dia dos Namorados” é em junho?

Em 1948 um publicitário baiano chamado João Agripino da Costa Dória (pai do atual prefeito de São Paulo, João Dória) percebeu a ausência de feriados comemorativos no meio do ano para aquecer o comércio. Então decidiu criar o Dia dos Namorados no dia 12 de junho, que é a véspera do dia de Santo Antônio, considerado pela Igreja Católica como o santo casamenteiro.