Começou a funcionar nesta quarta-feira (19) uma mega central de táxis em Curitiba, unificação das associações Sereia, Capital e Curitiba, que promete trazer benefícios ao usuário do transporte individual. Entre as melhorias trazidas com a novidade, encontram-se mais rapidez na chegada dos carros, melhor qualidade de atendimento e a possibilidade de fazer corridas por preço fechado pré-estabelecido.

Criada para aumentar a vantagem competitiva dos táxis, que se viram encurralados tanto pela crise econômica quanto pela difusão do Uber, a cooperativa irá cortar pela metade os custos para os motoristas de táxi. Essa vantagem é revertida ao cidadão em forma de descontos, conforme explica Alexandre Sousa, presidente da radiotaxi Capital. “Estamos concedendo, por exemplo, de 30 a 50% de desconto para todos usuários – e isso não é apenas na primeira corrida”.

Por enquanto, o novo serviço pode ser utilizado pelo call center ou whatsapp de qualquer uma das três marcas – Sereia, Capital ou Curitiba. Para pedir pelo aplicativo, basta baixar o app da Capital, que já possui interface está adequado às novidades.

Segundo o executivo, um site com a nova marca deverá ser lançado em cerca de 20 dias, com nome e identidade visual diferenciados. “Vamos ter uma marca exclusiva da unificação, mas queremos manter as marcas antigas ao mesmo tempo pelo menos nos próximos quatro meses, já que elas têm décadas de existência e histórico de boa prestação de serviços aos curitibanos”, explica Sousa. Com a integração, as empresas esperam aumentar o número de corridas em 35% nos próximos três meses.

Táxi ou Uber?

Partindo da praça Tiradentes, uma corrida de táxi até o Aeroporto Afonso Pena, pelo aplicativo da Capital, tinha preço estimado em R$ 53,35. O valor foi encontrado às 15h desta quinta-feira. Utilizando o desconto oferecido de 30%, o preço cai para R$ 37,34. Já com o desconto de 50%, direto no app, o mesmo trecho fica por R$ 26,67.

No aplicativo do Uber, enquanto isso, no mesmo horário o trajeto da Tiradentes ao Aeroporto tinha preço estimado em R$ 32,09.

Início com problemas

Usuários relataram à reportagem que tiveram problemas ao utilizar o aplicativo da Capital nesta quinta-feira. Entre as reclamações, encontram-se dificuldades no cadastramento do cartão de crédito e no entendimento da localização do motorista e do usuário.

O que é prometido pelo novo serviço?

Descontos

Com uma política de estar sempre lançando descontos à população e oferecendo corridas premiadas, o serviço inicia concedendo uma redução de 30 a 50% no valor original da corrida. O benefício de 30% vale para pedidos em qualquer um dos canais de atendimento. Para conseguir 50%, basta cadastrar o cartão de crédito no aplicativo da táxi Capital.

Velocidade

Operando por meio do call center, aplicativo e whatsapp das três centrais envolvidas, a sociedade tem a vantagem de agregar todos os veículos das antigas rádio táxis. “Enquanto antes cada uma tinha cerca de 300 carros para atender todos os bairros da cidade, agora contamos com mil veículos disponíveis”, esclarece o presidente. Isso significa que os táxis poderão chegar mais rápido até o cliente.

Preço fechado

A partir da unificação, é possível saber o valor da corrida no momento do pedido do carro. Segundo Sousa, mesmo em caso de desvios ou trânsito intenso não há alteração no preço. Pedindo o carro por meio do callcenter, é possível, ainda, negociar o valor da corrida com o atendente.

Carro executivo

O aplicativo promete dar mais ênfase ao serviço de táxi executivo, que oferece veículos inteiramente pretos, com placa vermelha e motoristas em traje social. Isso deve acontecer pela opção de solicitar esse tipo de carro também está disponível no aplicativo.

Treinamento e certificação

A partir do mês de maio, todos os motoristas integrantes da central irão receber treinamentos de conduta, assiduidade e etiqueta. Essas capacitações fazem parte de uma certificação que será concedida aos táxis por uma empresa contratada.