Um garoto de 12 anos morreu e os pais dele foram baleados no início da madrugada desta segunda-feira (08), na residência da família, na Rua Pastor Adolfo Weidman, Jardim Guarituba, em Piraquara.

A Polícia Militar acredita que o alvo era o pai, que recebeu ameaças dias antes pela falta de pagamento de algumas dívidas. Testemunhas contaram para a polícia que a casa da família foi invadida por volta de 0h40, e vários disparos foram efetuados.

Ninguém viu quem atirou, nem como esta pessoa fugiu. Kelvin Henrique Santana Damaceno, de apenas 12 anos, morreu com um tiro na cabeça. O pai dele, Márcio José Damaceno, levou tiros no pescoço, na cabeça e nas pernas, e foi levado pelos vizinhos até o Hospital São José, em São José dos Pinhais.

A mãe de Kelvin, Roseli do Nascimento Santana, levou um tiro na mão, foi medicada e liberada. Pelo chão da casa, peritos do Instituto de Criminalística recolheram vários cartuchos de pistola calibre 9 milímetros.

Familiares das vítimas contaram para a Polícia Militar que Márcio contraiu algumas dívidas, e começou a receber ameaças quando atrasou o pagamento. A equipe da Delegacia de Piraquara conta com a recuperação de Márcio para repassar mais pistas sobre o assassino.