O empresário Guilherme José Pedroso de Moraes, de 35 anos, morreu em um acidente na noite desta quinta-feira (3), no cruzamento das ruas Lysimaco Ferreira da Costa com Marechal Hermes, Centro Cívico, em Curitiba. O motorista se perdeu sozinho na direção e ficou prensado às ferragens do Citroën DS3 que dirigia.

Segundo o Corpo de Bombeiros, ele usava o cinto de segurança, mas o equipamento não foi o suficiente para salvá-lo. Ao capotar, o carro prendeu o empresário e, com a pancada, ele morreu na hora.

Testemunhas contaram que viram o veículo em alta velocidade pela via. Em questão de segundos, o motorista se perdeu na direção, bateu no meio fio, colidiu lateralmente contra um poste e capotou.

Os moradores da região chamaram o resgate e o Siate chegou rapidamente para atende-lo, mas os socorristas nada puderam fazer. O carro ficou completamente destruído. O corpo foi recolhido ao Instituto Médico-Legal (IML) e policiais do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (BPTran) registraram o acidente.

Guilherme tinha se casado há pouco tempo. Ele era filho de um empresário tradicional de Curitiba e mantinha, com o pai, a empresa Pedroso, O Rei Dos Tapetes. Nas redes sociais, muita gente já se despede do jovem e lamenta o que aconteceu.

O rapaz era sócio do pai empresário. Foto: Reprodução/Facebook.
O rapaz era sócio do pai empresário. Foto: Reprodução/Facebook.