Quatro novas mortes foram confirmadas pela covid-19 em Curitiba, de acordo com o Boletim epidemiológico número 77 divulgado pela Secretaria Municipal da Saúde nesta quinta-feira (11). Agora, a capital soma 71 mortos desde o início da pandemia. O problema é que noticiar mortes pela doença virou rotina, enquanto nos primeiros meses chegava-se a ficar três dias sem registros de óbitos.

Num rápido levantamento com base nos boletins da SMS, desde o boletim número 62 há registros praticamente diários de mortes (praticamente, pois às vezes o boletim não é divulgado em alguns dias do fim de semana). Na ocasião tinham sido registradas até então 36 mortes no dia 23 de maio. Ou seja, nos últimos 18 dias o número de mortes dobrou em Curitiba.

+ Veja também: Curitiba fecha cerco a bares mas não resolve aglomerações nos ônibus na pandemia

Nos últimos dias o movimento nas ruas e comércio só aumenta. Os shoppings foram liberados para funcionar, bares e restaurantes vivem lotados, aglomerações são registradas diariamente em vários cantos da cidade.

+ Viu essa: Quer ganhar um convite para ver um filme no cine drive-in da live? Veja como participar!

Os números

Ao todo, desde o início da epidemia na capital paranaense, já foram registrados no município 1.665 casos confirmados, considerando os 46 novos casos desta última atualização. Curitiba investiga ainda outros 326 casos de contaminação e 9 mortes que podem estar relacionadas à doença.

Dentre os casos confirmados, 1.226 já estão recuperados.  

+ Leia mais: Polícia Militar cria canal de denúncias de aglomeração no aplicativo 190 PR

Entre os 4 novos óbitos registrados, todos eram idosos (64, 69, 79 e 93 anos) e estavam internados na última semana em diferentes hospitais de Curitiba. Atualmente, 152 pacientes confirmados com a covid-19 estão internados em hospitais públicos e privados da capital paranaense, 64 deles em UTI. A taxa de internamento das UTIs do SUS exclusivas para covid-19 na capital é de 68%.

No Paraná

A Secretaria de Estado da Saúde, em informe emitido nesta quinta-feira (11), divulga 627 novos casos da Covid-19, o maior número desde o início do monitoramento da pandemia no Estado. O boletim traz também mais cinco óbitos pela infecção. O acumulado é agora de 8.457 diagnósticos e 280 mortos em decorrência da doença.

Nesta quinta-feira, há 393 pacientes com diagnóstico confirmado internados, sendo 282 em leitos do SUS (131 em UTI e 151 em leitos clínicos/enfermaria) e 111 em leitos da rede privada (42 em UTI e 69 em leitos clínicos/enfermaria).

Os cinco pacientes que faleceram estavam internados. São duas mulheres e três homens, com idades que variam de 61 a 84 anos. Os óbitos ocorreram entre os dias 5 e 10 de junho. Os pacientes residiam nos municípios: Terra Boa, Rondon, Wenceslau Braz, Tapejara e Paiçandu.


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?