Marcus Vinícius Guaragni, 39 anos, que morreu atropelado pelos bandidos que fugiam da polícia numa BMW roubada, na segunda-feira, era diretor de campus do Centro Universitário FAE. Ele caminhava pela pista de cooper do Parque Barigui quando foi atingido pelo veículo, roubado num estacionamento no Bigorrilho. A motorista foi levada refém.

Depois de atropelar a vítima, o veículo foi interceptado pela polícia em Santa Felicidade, onde houve troca de tiros e um dos assaltantes morreu. Policiais do 12.º Distrito procuram pelo comparsa de Jefferson da Silva, 37.

Nota

A FAE divulgou ontem, em seu site, comunicado lamentando a morte do professor, que foi aluno da faculdade, atuou como professor, diretor acadêmico da FAE São José dos Pinhais, foi coordenador de curso e do programa de sustentabilidade e atualmente era diretor de campus da FAE Centro Universitário. O MP-PR também lamentou a morte de Marcus, que era irmão do promotor de Justiça Fábio André Guaragni, assessor criminal da Procuradoria-Geral de Justiça.