A Polícia Civil de Almirante Tamandaré, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), vai investigar a morte de um idoso, de 93 anos, que estava dentro de casa e deveria estar sob os cuidados do próprio filho. O corpo do homem estava em avançado estado de decomposição, com os ossos já aparecendo, foi encontrado, na noite desta quinta-feira (19). O que está intrigando os policiais são os detalhes envolvidos no caso.

Conforme informou a Polícia Civil à Tribuna do Paraná, o filho era o responsável por cuidar do pai, que já era idoso e ficava sempre em casa. Pelo estado do corpo encontrado o homem já estava morto há muito tempo. O problema é que acordo com o que foi levantado pelas equipes policiais, a aposentadoria do idoso continuava sendo recebida normalmente.

Conforme a Polícia, o delegado da cidade vai aguardar o laudo feito pela Polícia Científica para determinar primeiro qual foi a causa da morte do idoso. Enquanto isso ele já mobilizou uma equipe de investigação para confirmar algumas suspeitas. O filho do idoso deve ser ouvido pela Polícia Civil, para explicar o que aconteceu.

Por enquanto, o delegado informou que não vai se posicionar até que as investigações estejam avançadas. Isso porque a polícia ainda não sabe se o homem morreu por causas naturais ou se o caso se trata de um crime. Nenhuma dessas hipóteses está descartada.

Denúncias podem ser passadas para a Delegacia de Almirante Tamandaré, pelo telefone (41) 3657-1220.