Paulo Pereira da Silva Filho, 37 anos, foi assassinado a tiros na frente de um bar da Rua Criciúma, Planta Karla, em Pinhais, na noite de quarta-feira. Os tênis da vítima sumiram, mas não se sabe se os bandidos mataram o homem para roubar os calçados. Paulo foi baleado na cabeça e no peito.

O soldado França, do 17.º Batalhão da Polícia Militar, apurou que Paulo estava dentro do bar, mas a confusão ocorreu do lado de fora. Quando a polícia chegou, o estabelecimento estava fechado.

Parentes de Paulo contaram que ele era benquisto no bairro e não tinha envolvimento com drogas. O rapaz morava na Rua Flamboyant, perto de onde foi morto.

Este é o segundo crime que acontece na Planta Karla, esta semana. No domingo à noite, o pedreiro Luiz Maciel, 34, foi assassinado a tiros em frente a sua casa, na Rua Íris.